Anvisa aprova novo medicamento para prevenção do AVC

Um anticoagulante, chamado Lixiana, evita a formação de coágulos que são bloqueadores na passagem do sangue para o cérebro.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, aprovou neste dia (6) de março este novo medicamento que previne até condições como o AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Este medicamento também previne trombose venosa e até embolia pulmonar.

Estas condições geralmente podem ser causadas por coágulos que bloqueiam a passagem do sangue e pode provocar AVC entre outros.

Estes medicamentos já começaram a ser pesquisados a partir dos anos 2000.

Tem algumas diferenças em relação as terapias antigas, como a comum varfarina (usada há mais de 50 anos), estes têm ação indireta porque atuam sobre a vitamina K usada por esses compostos — ao invés de agirem diretamente no fator (como a Lixiana atualmente).

Este novo medicamento é produzido pela empresa japonesa Daiichi Sankyio. E foi aprovada no ano de 2011 no Japão e no ano de 2015 nos EUA.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*