Prefeito apresenta balanço dos 100 dias e novos projetos

O mandato do prefeito Marquinhos Trad (PSD) a frente da Prefeitura Municipal de Campo Grande está completando nesta segunda-feira (10), 100 dias.  Com a presença de lideranças comunitárias de todas as regiões da cidade, titulares do primeiro escalão e vereadores, o prefeito aproveitou a data para fazer a prestação de contas do que já foi feito até agora e apresentar novos projetos para a Capital.

A escolha das prioridades levou em conta um levantamento da situação em que a nova administração recebeu a prefeitura. Levantamento este realizado desde os primeiros dias de contato dos secretários, prefeito e vice-prefeita com a atual realidade da administração municipal.

Em seu pronunciamento, o chefe do Executivo afirmou que o governo municipal está conseguindo enfrentar todas as adversidades. Para o prefeito, a data de hoje serve para que o poder público e toda a sociedade façam uma reflexão dos rumos que a Capital está tomando.

“Foram 100 dias corridos e 69 dias úteis da nossa administração. Sem interromper o ritmo do nosso trabalho, acredito que seja importante que na data de hoje façamos uma reflexão sobre os avanços conquistados neste curto período, e também reconhecer a maneira a qual caminhamos para chegar até aqui”, observou.

Marquinhos Trad disse que a participação da sociedade foi um dos fatores responsáveis para que Campo Grande saísse do ponto de estagnação.

“Paz, harmonia e fé. Através dessas três palavras estamos caminhando e mantendo o foco na busca de restabelecer a confiança dos campo-grandenses. Já conseguimos resgatar a credibilidade de Campo Grande a nível federal, tirando a Capital da lista de cidades negativas. Conseguimos religar a máquina pública. Também conquistamos a parceria do governo estadual. É importante destacar também que a sociedade tem contribuído bastante para que façamos uma gestão transparente e, acima de tudo, eficiente”, ponderou Marquinhos.

O prefeito detalhou as principais ações nestes 100 dias de governo, elencando todas as áreas. Na infraestrutura urbana, entre as principais ações realizadas até agora está o início das obras de requalificação viária para acabar com o congestionamento na rotatória da Via Parque; recapeamento de 12,11km nas avenidas Marechal Deodoro (4,92km) e Bandeirantes (3,87km) e das ruas Brilhante (2,75km) e Guia Lopes (0,57km).

Outras ações importantes e que foram colocadas como prioridade neste início de gestão foi a retomada do serviço de tapa-buracos, que até agora já conseguiu tapar mais de 85 mil buracos; manutenção de mais de 10 mil lâmpadas; revitalização de praças e parques; sinalização dos principais eixos viários e a publicação do edital de licitação das obras da Avenida Ernesto Geisel.

Na área da Saúde, a atual gestão municipal conseguiu viabilizar a entrega, logo nas primeiras semanas, de quatro novas viaturas para o Samu; reformou a UPA da Vila Almeida; fez a reposição de medicamentos nas Unidades de Saúde da Rede; garantiu o pagamento de repasses atrasados aos hospitais; além de aumentar em R$ 700 mil o repasse para o Hospital Universitário, por exemplo.

Já no setor de emprego e cidadania, a prefeitura já assegurou junto à concessionária que explora o serviço do transporte público municipal a aquisição de 91 novos ônibus, que serão entregues até o final de abril.

Também foram enviados para a Câmara 22 processos de abertura de empresas, com investimento de R$ 154 milhões, que vão gerar 780 empregos na Capital. Outros R$ 30 milhões em investimentos já foram aprovados no Codecon, assegurando a oferta de mais 212 empregos.

Na busca de contemplar as famílias com menor poder aquisitivo e conferir um mínimo de uniformidade nas tarifas cobradas dessa parcela da população, a nova administração de Campo Grande estuda meios para aumentar o número de beneficiados com a tarifa social de água e esgoto.

Para garantir o acesso da comunidade às ferramentas de tecnologia, foram implantados 14 telecentros (saladas equipadas com computadores para uso da população).

A nova gestão também garantiu o pagamento de repasses atrasados de 2016, de convênios e emendas às entidades cofinanciadas, que contribuem com o município e a sociedade, fazendo atendimento na área da assistência social. Ainda na assistência social, a prefeitura intensificou as abordagens aos moradores de rua.

Ainda na área da cidadania, outras ações que merecem ser lembradas são: implementação do projeto Mulher Atitude; patrulhamento reforçado no entorno de escolas e parques; assinatura do termo de cooperação técnica para capacitação de agentes e criação da Casa da Juventude, com emissão de carteira de trabalho, confecção de currículos, cursos e palestras.

Nos primeiros dias também se destacam o desenvolvimento de aplicativo de transporte público e o aplicativo Fala Campo Grande; atendimento a mais de 1,5 mil cidadãos na Semana do Consumidor; auditorias dos atos de pessoal, da merenda escolar e do empréstimo junto à Caixa Econômica Federal para construção do Jardim Ouro Verde.

Por fim, a designação de equipe móvel para captação de vagas junto às empresas; moralização e transparência do programa de inclusão profissional – Proinc; retorno das atividades de esporte e lazer nos parques e praças da capital, através do programa Vem pro Parque, e a convocação de 321 concursados.

Na Educação, a prefeitura já entregou uniformes a mais de 90 mil alunos; garantiu a merenda 15 dias antes do início do ano letivo aos 99 Ceinfs e 94 escolas; além de formar mais de 500 jovens em curso de capacitação profissional. Mas, não para por aqui. A atual gestão municipal já colocou em andamento projetos importantes que vão garantir o pleno desenvolvimento e retomada do progresso para Campo Grande.

 

Confira o que está por vir:

 

  • Conclusão dos Ceinfs Tijuca II, Centenário e Jardim Noroeste
  • Início da pavimentação asfáltica de ruas do bairro Nova Lima
  • Implantação de mais de 520 abrigos para o transporte coletivo
  • Regulamentação da Lei das feiras livres e dos food trucks
  • Emissão do alvará de construção em até 15 dias, através do programa “Aprove Fácil – Obra Legal”
  • Regularização de obras através do programa “Habite-se Legal”
  • Revitalização dos CRAS e instalação da nova sede da SAS
  • Nova Fiscal Legal – Informa o CPF e recebe ressarcimento do tributo, 10% do ISS devolvido para o consumidor
  • Instalação de mais 100 câmeras de videomonitoramento
  • Cursos profissionalizantes de corte costura, modelagem e informática básica para alunos com baixa renda
  • Projeto “Arte no Meu Bairro”
  • Mais de 1,5 mil unidades habitacionais em desenvolvimento, projeto e aprovação
  • Reabertura do ginásio Guanandizão
  • Revitalização dos parques Ayrton Senna, Jacques da Luz, Sóter e Tarsila do Amaral
  • Contratação dos projetos e das obras para conclusão do Centro Municipal de Belas Artes
  • Contratação das obras para conclusão do Terminal Intermodal de Cargas
  • Recapeamento de ruas e avenidas, em convênio com o Governo do Estado, no valor de R$ 30 milhões
  • Criação da sede e início do atendimento direto ao consumidor no Procon Municipal
  • Projeto Grandes Eventos – Noite da Seresta, comemoração dos 40 anos de Campo Grande Capital, Arraial de Santo Antônio, comemoração do aniversário de Campo Grande e projeto Natal